1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Eleições 2014

Direção nacional do PSB decidirá sobre aliança em Minas, diz Lacerda

Elizabeth Lopes - Agência Estado

19 Maio 2014 | 20h 30

Para o prefeito de Belo Horizonte, definição pode não atender acordos como o feito com o PSDB

São Paulo - O prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), afirmou nesta segunda-feira, 19, que as alianças regionais que o PSB negocia em Minas Gerais neste pleito serão definidas pela direção nacional da legenda e podem não levar em conta acordos tradicionais, como o do seu partido com o PSDB. "Isso cabe muito mais à direção nacional porque a Executiva é provisória, não tem autonomia. Lá será feito o que a direção nacional decidir."

Segundo Lacerda, existem hoje no partido posições divergentes sobre a manutenção da aliança com os tucanos. "Há os que acham que se deve ter candidatura própria (ao governo de Minas Gerais) e os que acham que se deve apoiar o PSDB, até porque o PSB tem uma aliança já firmada com os tucanos."

Ao falar dos que defendem candidatura própria, o prefeito citou o grupo ligado à Rede (partido que a ex-senadora Marina Silva, pré candidata a vice na chapa de Eduardo Campos, tentou criar). "É algo que só vai se resolver na convenção do mês que vem", frisou.

Indagado sobre sua opinião pessoal a respeito do tema, Lacerda disse: "Eu tenho uma tese de que prefeito de capital não se envolve em pré-campanha, pois o dia a dia (de um prefeito) é muito duro."

Lacerda participou nesta segunda de evento na capital paulista promovido pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Ele lembrou que foi convidado a ser candidato ao governo de Minas neste pleito, mas optou pela administração da cidade. "Optei pela gestão (de Belo Horizonte) e é esta posição que me induz a não tomar posição neste assunto."

 

Eleições 2014