1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Dilma: tem gente dizendo que não pode dar subsídios

CARLA ARAÚJO E GUSTAVO PORTO - Agência Estado

16 Maio 2014 | 18h 56

A presidente Dilma Rousseff voltou na tarde desta sexta-feira a defender os subsídios do governo federal para habitação, nesse caso ao programa Minha Casa, Minha Vida. Assim como fez em Ipatinga (MG) esta semana, a presidente aproveitou o discurso durante cerimônia de entrega de 982 moradias do programa Minha Casa, Minha Vida, em Parnaíba (PI), para alfinetar os opositores e críticos dos subsídios, sem citar nomes. "Tem muita gente falando. Ou melhor, tem pouca gente falando e muito. Pouca gente que fala que o governo federal não pode sair por aí dando subsídio. Dizer que o dinheiro dos impostos não pode ser usado para garantir melhores condições de vida para os que mais precisam", afirmou a presidente, pedindo aos futuros moradores que "entrem de cabeça erguida nos novos lares.

Segundo ela, o governo usa "o dinheiro dos impostos para beneficiar com Justiça quem não tem condição de comprar a casa própria". Dilma adotou um tom social no discurso e afirmou que o Brasil "tem de ser País que olhe principalmente para aqueles que mais precisam" e que "foi isso que fizemos desde o começo do governo Lula", afirmou. "Tem gente que achava que apenas os que eram ricos podiam utilizar os recursos do governo federal", completou. Além do evento em Parnaíba, nesta sexta-feira, Dilma participou duas cerimônias de formatura do Pronatec, uma em João Pessoa (PB) e outra em Teresina (PI).