1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Dilma reafirma meta de 3,75 milhões de casas este ano

BEATRIZ BULLA E MARIO BRAGA - Agência Estado

24 Abril 2014 | 13h 56

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 24, que o "Minha Casa, Minha Vida" é o maior programa habitacional da América Latina e destacou que 1,65 milhão de famílias já receberam moradias do programa. Em discurso de entrega de 638 residências em Cuiabá (MT), a presidente ressaltou que o governo já contratou mais 1,7 milhão de moradias e outras 700 mil ainda devem ser contratadas para que a meta de 3,75 milhões de casas entregues e contratadas até o final de 2014 seja cumprida.

"Essas casas são fruto de uma visão de governo de olhar para quem mais precisa. Esse é o nosso compromisso", ressaltou Dilma, ao afirmar que o compromisso dos governos dela e do ex-presidente Lula é de "melhorar a vida da população". A presidente explicou que o governo construiu um programa habitacional para "aqueles que mais precisam" e, para isso, tirou dinheiro dos impostos que os brasileiros pagam.

Em mais de três anos de governo, esta é a primeira vez que Dilma visita a capital de Mato Grosso. A uma plateia de beneficiados pelo "Minha Casa, Minha Vida", a presidente ressaltou outros programas sociais do governo federal e destacou a integração com os governos estadual e local. "Em parcerias com o governador e o prefeito, construímos obras de mobilidade urbana que vão mudar o cenário de Cuiabá", disse. "Fizemos parcerias fortes nas áreas de educação, saúde e muitos investimentos em infraestrutura" afirmou.

No início da tarde, a presidente visitará as obras da Arena Pantanal e participará de cerimônia de formatura do Pronatec. A presidente deve voltar a Brasília no início da noite.