1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Dilma ocupa parte da agenda com Cabral, Pezão e Paes

DAIENE CARDOSO - Agência Estado

21 Janeiro 2014 | 15h 49

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), ocupou hoje parte da manhã e do horário do almoço da presidente Dilma Rousseff nesta terça-feira, 21. O peemedebista, que oficialmente viajou a Brasília participar da reunião da presidente com representantes do Comitê Olímpico Internacional (COI), está acompanhado do seu vice e possível candidato do PMDB à sucessão estadual no Rio, Luiz Fernando Pezão, e do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB).

A reunião com o COI estava prevista na agenda presidencial para começar às 11h e só começou depois do meio-dia. Segundo fontes, Dilma recebeu os peemedebistas em reservado antes e após o encontro para tratar dos Jogos Olímpicos de 2016. O assunto da conversa com os peemedebistas não foi divulgado. Enquanto representantes do COI e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, participavam de entrevista coletiva, eles circulavam pelo quarto andar do Palácio do Planalto, onde ficam os gabinetes da Secretaria de Relações Institucionais, da Secretaria-Geral da Presidência e da Casa Civil.

O comando do PMDB pretende intensificar a pressão sobre o Palácio do Planalto para forçar o PT nacional a intervir e impedir que o senador Lindbergh Farias (PT) seja candidato a governador do Rio, em chapa rival à de Pezão. O partido antecipará sua convenção para abril e ameaça colocar a manutenção da coligação nacional no centro da discussão da aliança de apoio à reeleição da presidente. No último sábado, 18, o diretório regional do PT fluminense aprovou a entrega dos cargos no governo de Cabral em 28 de fevereiro e o pré-lançamento de Lindbergh.

Dilma deixou o Palácio do Planalto por volta das 15h em direção ao Palácio do Alvorada, onde receberá o ministro do Desenvolvimentos, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel. Cabral, Pezão e Paes saíram na sequência sem falar com os jornalistas.