Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Dilma marca posse de ministros para segunda-feira

Na cerimônia, que acontecerá no Palácio do Planalto, 10 ministros assumirão novas funções

Isadora Peron e Tânia Monteiro , O Estado de S. Paulo

02 Outubro 2015 | 22h03

BRASÍLIA A presidente Dilma Rousseff marcou a posse dos novos ministros para a próxima segunda-feira, 5. Inicialmente o governo tinha pensado em realizar a cerimônia na terça, já que a presidente estaria em viagem oficial à Colômbia.

Dilma, porém, adiou a visita de Estado para quinta-feira para poder acompanhar a votação das contas do governo no Tribunal de Contas da União (TCU). O relator do processo, ministro Augusto Nardes, deu um parecer pedindo a rejeição dessas contas.

Ao todo, dez ministros vão tomar posse na cerimônia que será realizada no Palácio do Planalto. A principal mudança será na Casa Civil, que passa a ser comandada por Jaques Wagner. Aloizio Mercadante, que estava no posto até esta semana, foi transferido para a Educação.

Também tomam posse Aldo Rebelo (Defesa), Miguel Rossetto (Trabalho e Previdência Social), Marcelo Castro (Saúde), André Figueiredo (Comunicações), Celso Pansera (Ciência e Tecnologia), Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), Nilma Lino (Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos), Helder Barbalho (Portos).

Mais conteúdo sobre:
reforma administrativa ministérios Dilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.