1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Dilma exalta Gleisi em Foz do Iguaçu

Ricardo Galhardo - O Estado de S. Paulo

17 Março 2014 | 23h 13

Na presença de mil empresárias, presidente citou ao menos cinco vezes o nome da ex-ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT ao governo do Paraná

Foz do Iguaçu - Em evento com a participação de mil empresárias nesta segunda-feira, 17, em Foz do Iguaçu (PR), a presidente Dilma Rousseff enalteceu a participação senadora Gleisi Hoffmann, ex-ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT ao governo do Paraná, em projetos fundamentais do governo.

Segundo Dilma, ações estratégicas como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a mudança no modelo de concessões do campo de Libra e as políticas de infraestrutura urbana, logística e energética tiveram atuação central da senadora.

"Em tudo isso houve a coordenação de uma mulher paranense, a ex-ministra Gleisi Hoffmann", disse a presidente. Dilma citou Gleisi pelo menos cinco vezes durante o discurso, em todas se referindo à senadora pelo cargo anterior de ministra da Casa Civil.

Falando para uma plateia formada prioritariamente por donas de pequenas e microempresas, Dilma vinculou a atuação da pré-candidata às melhorias para o setor. "Esses projetos resultaram na melhoria da competitividade dos nossos produtos e representam mais estímulo à produção", afirmou.

No evento, Dilma exaltou o papel das mulheres na economia, lembrou que mais de 60% das empresas cadastradas no Simples são comandadas por mulheres e disse que esses negócios foram fundamentais para que o nível de emprego permanecesse estável no Brasil durante a crise financeira mundial.

Além disso, a presidente reforçou o compromisso com o controle da inflação e das metas fiscais. Dilma se emocionou durante a cerimônia de entrega de prêmios a 23 mulheres do interior paranaense no evento promovido pela Fecomércio-PR.

"Nenhuma de vocês, bravas batalhadoras, perdeu a vaidade de ficar bonitas e vieram aqui vestidas com muito bom gosto, o que prova que, além de batalhadoras, vocês valorizam a sua condição feminina", disse Dilma.

Desde o início do ano a presidente tem priorizado participar de eventos voltados para o público feminino, maioria do eleitorado.

Oração. Durante a cerimônia, Dilma foi surpreendida com uma oração feita por uma das participantes. Amanda Gryczynsky, presidente da Câmara de Mulheres local e dona de uma rede de postos de gasolina em Irati, a 140 km de Curitiba, pegou na mão da presidente e recitou o texto de improviso. "Toda autoridade é previamente instituída por Deus. A capacitação que Dele a senhora espera deve ser colhida como uma porção diária. A senhora deve colher o trigo sem olhar para o joio", disse a comerciante.

Segundo Amanda, a oração é fruto de um sonho de seu marido, Daniel, que há dois anos previu o inusitado encontro da esposa com a presidente. "Menina, o que é isso? Que coisa linda", respondeu Dilma, segundo relato de Amanda.

Vice. Segundo o vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), o PT trabalha para que o ex-senador e vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil, Osmar Dias (PDT-PR), seja vice de Gleisi ou, no mínimo, candidato a senador.

"Queremos que ele esteja na chapa", disse Vargas. De acordo com o deputado, caso o senador Roberto Requião (PMDB-PR) confirme a candidatura ao governo do Estado, Dilma deverá ter dois palanques no Paraná.