Dilma deve convidar Ciro para Ministério da Integração

O ex-ministro e deputado Ciro Gomes (PSB-CE) pode ser convidado pela presidente eleita Dilma Rousseff para ocupar o Ministério da Integração Nacional. O convite deve ser formalizado quando ele retornar de uma viagem à Europa, até quarta-feira.

AE, Agência Estado

13 Dezembro 2010 | 08h46

Segundo integrantes do PSB, se Ciro for o ministro, o ex-prefeito de Petrolina Fernando Bezerra Coelho - que desistiu de disputar uma vaga ao Senado para apoiar o senador eleito Humberto Costa (PT) - vai para a Secretaria de Portos.

Ciro Gomes surpreendeu a todos ao articular para participar do ministério do futuro governo. Seus companheiros de partido alegam que ele desdenhou de qualquer cargo e dizia que "queria dar um tempo" na vida pública. "Vão colocar o Ciro no Ministério e dane-se o resto. Crescemos para diminuir", reclamou um integrante do PSB.

Nas últimas eleições, o partido de Ciro conquistou seis governos de Estado (Pernambuco, Ceará, Piauí, Paraíba, Amapá, e Espírito Santo) e aumentou a bancada na Câmara de 27 para 34 deputados federais. Se o ex-ministro não for para a Integração Nacional, a Secretaria de Portos deverá ficar nas mãos de um deputado do partido. Os indicados são o paulista Márcio França e o gaúcho Beto Albuquerque. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.