1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Dilma cita aumento de crédito para vitivinicultura

CARLA ARAÚJO E GABRIELA LARA - Agência Estado

20 Fevereiro 2014 | 16h 33

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira, 20, em discurso no Rio Grande do Sul, que será publicado do Diário Oficial da União de amanhã, 21 de fevereiro, o decreto que regulamenta a chamada Lei do Vinho. Segundo ela, o texto atualiza a legislação brasileira, adequando-a aos padrões do Mercosul. Dilma também destacou o volume crescente de crédito concedido a cada ano para o setor de vitivinicultura. "Vocês têm uma presidente que é parceira da produção agrícola e industrial dessa região", disse, durante a cerimônia de abertura da 30ª Festa da Uva em Caxias em Sul (RS). "Poucos momentos são tao adequados para reafirmar meu comprometimento com a economia de Caxias e da Serra Gaúcha", afirmou, lembrando que o Rio Grande do Sul é o maior produtor de uva do Brasil.

Dilma revelou que este ano o governo implantará mais cedo os instrumentos de política agrícola que facilitam o escoamento dos estoques de uva e vinho, "para que o apoio chegue aos agricultores e suas cooperativas no momento em que mais precisam". Ela citou o novo preço mínimo de R$ 0,63 por quilo de uva, que irá vigorar na safra 2014/2015.

Educação

No mesmo discurso, Dilma anunciou a inauguração na cidade do campus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. "O campus de Caxias do Sul terá capacidade 1.400 alunos nos cursos técnicos", disse. Mais cedo, Dilma participou em Porto Alegre da reinauguração do estádio beira-rio.

Já em Caxias, a presidente celebrou a entrega de 90 caminhões-caçamba e 28 motoniveladoras para manutenção de estradas vicinais de 118 municípios gaúchos de até 50 mil habitantes. A

pós a abertura da Festa da Uva, Dilma segue ainda nesta quinta para a Itália, onde amanhã deve se encontrar com o Papa Francisco.