1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Dilma chega à inauguração de trecho do Expresso DF

DAIENE CARDOSO E TÂNIA MONTEIRO - Agência Estado

13 Junho 2014 | 11h 50

Começou por volta das 11h40 a cerimônia de inauguração do trecho sul do Expresso DF, uma das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Grandes Cidades no Distrito Federal. A presidente Dilma Rousseff chegou ao local acompanhada do governador Agnelo Queiroz, do ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e do ministro das Cidades, Gilberto Occhi, em um ônibus articulado.

Dilma foi recebida na inauguração do BRT por uma plateia formada por operários da obra, além de militantes petistas e peemedebistas. Diferentemente das vaias e xingamentos recebidos no jogo de abertura da Copa do Mundo ontem, em São Paulo, Dilma foi ovacionada nesta manhã.

Dilma tomou o ônibus na Estação Granja do Ipê, uma das oito estações do corredor de ônibus e desembarcou em Santa Maria. O trecho da viagem inaugural percorrido pela presidente foi de 10 quilômetros. Ao longo do trajeto entre o Plano Piloto até a cidade satélite, era possível ver obras ainda em execução e passarelas inacabadas.

O Expresso DF é um corredor de exclusivo de ônibus de 43,8 quilômetros ligando os terminais das cidades satélites do Gama e Santa Maria ao Plano Piloto. O projeto tem um custo total de R$ 761,4 milhões.

A primeira etapa, inaugurada hoje, tem 36,2 quilômetros a um custo de RS 562 milhões. A expectativa é que sejam atendidos 200 mil passageiros por dia em veículos articulados e o tempo de viagem desses usuários seja reduzido de 90 para 40 minutos no horário de pico entre o Gama e o Plano Piloto.

Durante o evento, também foi assinados outros termos de compromisso para a expansão do transporte público no Distrito Federal.