Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política » Deputado cotado para a Aviação Civil deve se reunir com Dilma na quarta-feira

Política

PMDB

Deputado cotado para a Aviação Civil deve se reunir com Dilma na quarta-feira

Conversa entre a presidente e o peemedebista Mauro Lopes é considerada o último estágio da negociação, antes da cerimônia de posse

0

Igor Gadelha,
O Estado de S.Paulo

29 Fevereiro 2016 | 20h10

BRASÍLIA - O deputado federal Mauro Lopes (PMDB-MG) deve ir ao Palácio do Planalto nesta quarta-feira, 2, para conversar com a presidente Dilma Rousseff sobre sua nomeação para o comando da Secretaria da Aviação Civil (SAC). A conversa entre a presidente e o candidato a ministro é considerada o último estágio da negociação, antes da cerimônia de posse.

O encontro entre Lopes e Dilma foi agendado na semana passada durante conversa entre o líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), e ministros da articulação política do governo. Interlocutores de Picciani e de Lopes ouvidos pelo Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, ressaltam que as conversas para a nomeação estão em estágio final. Segundo esses interlocutores, não há hoje outro nome senão o de Lopes para a Aviação Civil.

De acordo com fontes envolvidas na negociação, caso o "martelo seja batido" nesta quarta-feira, é provável que a posse de Mauro Lopes ocorra já na quinta-feira, 3, junto com a do novo ministro da Justiça, Wellington César Lima e Silva. Indicado pelo ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, o novo comandante da Pasta da Justiça foi confirmado nesta segunda-feira, 29, pelo Planalto.

Na Câmara, Mauro Lopes vem sendo cumprimentado como ministro desde a semana passada por outros parlamentares. O deputado já conversou, inclusive, com alguns de seus assessores informando que deve assumir a SAC. Publicamente, contudo, é cauteloso ao falar do assunto. O objetivo é tentar "não colocar o carro na frente dos bois", evitando que Dilma desista da nomeação, como já aconteceu em outros casos.

A indicação de Lopes para a SAC foi oferecida pelo Planalto à bancada do PMDB de Minas Gerais em troca do apoio dos peemedebistas mineiros à recondução de Picciani à liderança da sigla na Câmara. As conversas começaram ainda no fim de 2015 e se intensificaram em janeiro. Lopes já conversou com ministros do núcleo duro do governo, como Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo).

Fontes ligadas ao Palácio do Planalto confirmam que a negociação para que Mauro Lopes seja nomeado para o comando da SAC está avançada. De acordo com essas fontes, a nomeação do deputado para o cargo está "na mesa" da presidente Dilma Rousseff. Ou seja, aguarda apenas o aval da presidente para que seja concretizada. (COLABOROU CARLA ARAÚJO)

Comentários