1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Defesa aprova participação de Costa na CPI da Petrobras

ANTONIO PITA - Agência Estado

27 Maio 2014 | 20h 01

Para a defesa do ex-diretor Paulo Roberto Costa, a participação na CPI da Petrobras, no Senado, "será uma boa oportunidade para esclarecer as questões que têm sido colocadas de forma deturpada". A avaliação é do advogado Nélio Machado. Segundo ele, a orientação é para que o cliente "fale sobre tudo".

"Abreu e Lima, Pasadena e também a relação com esse ''personagem'' (Alberto Youssef) que citam na denúncia. Depois do que Paulo Roberto passou, acredito que até fará bem para ele falar. Ele está muito consistente, não há qualquer ponto que suscite insegurança", afirma o advogado. "As decisões eram colegiadas e isso será dito", acrescentou.

Nélio Machado ainda negou as acusações formuladas pela Polícia Federal sobre as relações entre o ex-diretor da Petrobras e Alberto Youssef. Segundo ele, não há "qualquer relação espúria entre os dois". "Estão fazendo de um episódio secundário algo extraordinário, midiático. A denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal é precipitada, sem conteúdo e repleta de ilações sem fundamento. É uma peça de ficção", classificou.