1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Debates de ‘Estado’, TV Cultura e YouTube serão exibidos às 16h

12 Abril 2014 | 17h 45

Iniciativa inédita pretende aumentar a visibilidade do programa e estimular a participação do leitor

O Grupo Estado, a TV Cultura e o YouTube vão promover debates no primeiro turno com os candidatos à Presidência da República e ao governo de São Paulo às 16 horas, uma inovação que procura estimular a participação dos eleitores e aumentar o alcance do programa. É a primeira vez, desde a redemocratização, que os debates eleitorais serão transmitidos simultaneamente pela TV aberta, pela internet e pelo rádio em horário vespertino.

O pioneirismo de se oferecer a telespectadores, internautas e ouvintes debates em um horário mais acessível à maioria da população se soma às características únicas da parceria entre os três veículos. Nenhum outro encontro entre candidatos é transmitido em tantas plataformas simultaneamente – TV aberta, YouTube e Rádio Estadão – nem conta com um leque tão amplo de cobertura – na internet, pelo portal estadão.com.br e pelo site da TV Cultura, e no jornal O Estado de S. Paulo.

"A transmissão no período da tarde traz vantagens e comodidade. Muitos assistirão em casa ou podem acompanhar durante o trabalho, num horário comprovadamente de alta audiência na internet. É mais uma inovação desse projeto tripartite", diz Ricardo Gandour, diretor de conteúdo do Grupo Estado.

"A televisão brasileira sempre adotou como padrão para exibição dos debates eleitorais o horário noturno. Nosso objetivo é ampliar o acesso e a visibilidade do programa", afirma Marcos Mendonça, presidente da Fundação Padre Anchieta, à qual a emissora está vinculada.

Diretor do YouTube no Brasil, Alvaro Paes de Barros considera a adoção do horário vespertino um passo natural da união de plataformas que a parceria entre os veículos permite. "Além da inovação tecnológica e das ferramentas de interatividade, esse novo horário vai contribuir ainda mais para o processo de discussão."

Entusiasmo. Todos os candidatos com direito garantido por lei a participar dos debates serão convidados pela organização, tão logo sejam confirmados em convenções partidárias. Representantes dos principais concorrentes já contatados demonstraram entusiasmo com a realização dos programas em horário vespertino, assim como em relação à transmissão e cobertura multiplataforma oferecida pela parceria entre o Grupo Estado, a TV Cultura e o YouTube.

O debate entre os candidatos à Presidência será realizado em 22 de setembro, uma semana após o encontro entre os concorrentes ao governo de São Paulo, previsto para o dia 15. Ambos vão ocorrer no Teatro Franco Zampari, da Fundação Padre Anchieta. É o mesmo local onde os três veículos promoveram o debate do primeiro turno entre os candidatos a prefeito de São Paulo, em 2012.

  • Tags: