1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

CUT decide orientar centrais estaduais a não realizarem manifestações no dia 13

- Atualizado: 08 Março 2016 | 14h 34

Central Única dos Trabalhadores leva em consideração possibilidade de confrontos que poderiam ocorrer entre defensores de Lula e grupos de oposição ao governo Dilma, ao ex-presidente e ao PT

São Paulo - A Central Única dos Trabalhadores (CUT) nacional decidiu orientar suas centrais estaduais a não fazerem manifestações neste domingo, 13, data em que estão previstos atos dos grupos pró-impeachment. A central avalia que é importante evitar confrontos entre grupos que defendem Lula e grupos contrários ao ex-presidente, ao governo Dilma e ao PT.

Segundo a assessoria de comunicação da entidade, esta é uma orientação da CUT nacional e há braços estaduais que podem decidir se manifestar mesmo assim, como em Recife, Porto Alegre e Vitória. No Rio de Janeiro, sindicalistas avaliam fazer nova manifestação contra a Globo em frente à sede da emissora.

A CUT nacional reforça a estratégia de manter os atos para os dias 18 e 31. A CUT de São Paulo deve seguir a orientação da nacional.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em PolíticaX