1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Cúpula do PSDB aprovará alianças nos Estados

Agência Estado

11 Fevereiro 2014 | 20h 09

A Executiva nacional do PSDB aprovou nesta terça-feira, 11, uma resolução que prevê que qualquer aliança regional feita pelo partido nos Estados só será válida se antes for aprovada pela direção da legenda. Com isso, o presidente da sigla e provável candidato a presidente, Aécio Neves (MG), quer evitar que ocorra o mesmo roteiro visto em 2002 e 2010, com José Serra, e em 2006, com Geraldo Alckmin, quando setores do partido não embarcaram na campanha em muitos locais e acabaram prejudicando a candidatura nacional. Em 2002, por exemplo, a dissidência foi liderada por Tasso Jereissati no Ceará. Em 2006, por Serra em São Paulo. E em 2010 pelo próprio Aécio em Minas. "Com certeza deveríamos ter feito antes (uma resolução parecida). Saímos perdendo por não ter feito alianças que poderiam ter sido feitas de uma maneira que preservasse melhor a aliança nacional. A gente pode ter perdido por isso (as eleições passadas). Às vezes não fizemos por falta de orientação e coordenação".