Fernando Bizerra Jr.|EFE
Fernando Bizerra Jr.|EFE

Cunha vai aguardar novo líder do PP para nomear comissões da Câmara

Peemedebista vem sofrendo pressão de líderes partidários a não esperar o julgamento dos embargos de declaração que apresentou ao Supremo Tribunal Federal sobre as regras para a instalação da comissão que analisará o impeachment da presidente Dilma Rousseff

Daiene Cardoso, O Estado de S. Paulo

18 Fevereiro 2016 | 12h26

Brasília - O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse ao Broadcast Político que vai aguardar a definição sobre o novo líder do PP para então iniciar as discussões sobre a formação das comissões permanentes na Casa. "Vou discutir a partir daí (eleição no PP). Nada definido", explicou.

Cunha vem sofrendo pressão de líderes partidários a não esperar o julgamento dos embargos de declaração que apresentou ao Supremo Tribunal Federal sobre as regras para a instalação da comissão que analisará o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

No ano passado, ele disse que a decisão do Supremo sobre o rito do impeachment gerava dúvidas sobre as regras para a eleição de todas as comissões da Câmara. "Acho que até a primeira semana de março se define as comissões", previu o líder do PR, Maurício Quintella Lessa (AL), um dos que defende a formação das comissões o mais breve possível.

Nesta manhã, o líder do PPS, Rubens Bueno (PR), deixou a reunião de líderes informando que o peemedebista havia dito que não esperaria mais o julgamento do STF. "Ele disse agora que está aguardando a definição do último líder de bancada", comentou. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.