Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política » Cunha abre sessão para eleição de Comissão do impeachment

Política

André Dusek|Estadão

Cunha abre sessão para eleição de Comissão do impeachment

Com 390 deputados presentes, presidente da Câmara inicia sessão; segundo ele, 'agilidade vai ser total'

0

Bernardo Caram, Daiene Cardoso e Julia Lindner,
O Estado de S.Paulo

17 Março 2016 | 14h25

BRASÍLIA - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduado Cunha (PMDB-RJ), abriu na tarde desta quinta-feira, 17, a sessão do plenário para a eleição dos parlamentares que vão compor a comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff. A primeira polêmica veio com um atraso do Partido Progressista, que entregou a lista com suas cinco indicações após o prazo final de meio-dia.

Cunha chegou a propor uma eleição suplementar, além da ordinária, por conta do atraso. Um acordo entre os líderes de partidos definiu em seguida que o PP será incluído na chapa, possibilitando uma votação única.

Durante a sessão, o deputado José Priante (PMDB-PA) pediu para deixar a vaga de titular pelo PMDB, solicitando que o posto seja substituído. Cunha também cogitou que a troca fosse submetida a eleição suplementar, mas todos os líderes concordaram que não era o caso. O líder Leonardo Picciani (RJ) indicou Altineu Cortes (RJ) para a vaga.

'Agilidade'. O presidente da Câmara lembrou que se a chapa única não for eleita, outro grupo precisará ser elencado e posteriormente eleito em plenário mas, mais cedo, disse que "a agilidade (da instalação da comissão) vai ser total". Para Cunha, há uma vontade de todos os deputados de "correr com o processo" de impedimento da presidente Dilma Rousseff.

Cunha acredita que "a comissão é apenas um estágio do processo". "Qualquer que seja o resultado da comissão, vai ser submetido ao voto em plenário. E o plenário, se decidir que vai acatar ou não a denúncia, vai decidir soberanamente. Há uma consciência hoje que de que a comissão é um mero rito de passagem", disse Cunha.

Para o presidente da Casa, a comoção e a manifestação popular podem influenciar o posicionamento dos parlamentares. "A Casa tem que estar sempre em sintonia (com o processo das ruas). Claro que a decisão vai ser técnica e política, mas aquele que exerce um mandato popular sempre se influencia de uma certa forma."

Sobre as vagas determinadas para o PMDB na comissão, Cunha disse que "a divisão está explícita" entre alas pró e contra o governo, mas que "pelo menos foi encontrada uma forma de colocar os dois lados". Os peemedebistas possuem oito vagas na comissão especial, que é o maior número entre os 65 deputados, junto com o PT.

Na lista do PMDB, a ala governista terá maioria, com cinco das oito vagas que a legenda terá direito a indicar para o colegiado. Neste momento, acontece a sessão do plenário para a eleição dos parlamentares que vão compor a comissão do impeachment. Há 390 deputados na sessão, número suficiente para já abrir a votação.

Veja a lista com os nomes dos 65 membros indicados para eleição da comissão especial do impeachment na Câmara. Os 65 indicados comporão chapa única que deverá ser votada de forma aberta na tarde desta quinta-feira, no plenário da Casa.

PT

Zé Geraldo (PA)

Pepe Vargas (RS)

Arlindo Chinaglia (SP)

Henrique Fontana (RS)

José Mentor (SP)

Paulo Teixeira (SP)

Wadih Damous (RJ)

Vicente Cândido (SP).

Suplentes

Padre João (MG)

Benedita da Silva (RJ)

Carlos Zarattini (SP)

Luiz Sérgio (RJ)

Bohn Gass (RS)

Paulo Pimenta (RS)

Assis Carvalho (PI)

Valmir Assunção (BA)

PMDB

João Marcelo (MA)

Altineu Cortes (PA)

Leonardo Picciani (RJ)

Lúcio Vieira Lima (BA)

Mauro Mariani (SC)

Osmar Terra (RS)

Valtenir Pereiraa (MT)

Washington Reis (RJ)

Suplentes

Alberto Filho (MA)

Carlos Marun (MS)

Elcione Barbalho (PA)

Hildo Rocha (MA)

Lelo Coimbra (ES)

Manoel Júnior (PB)

Marx Beltrão (AL)

Vitor Valim (CE)

PP

Aguinaldo Ribeiro (PB)

Jerônimo Georgen (RS)

Roberto Britto (BA)

Paulo Maluf (SP)

Júlio Lopes (RJ)

Suplentes

Luís Carlos Heinze (RS)

André Fufuca (MA)

Fernando Monteiro (PE)

Macedo (CE)

Odelmo Leão (MG)

PR

Maurício Quintella Lessa (AL)

José Rocha (BA)

Édio Lopes (RR)

Zenaide Maia (RN)

Suplentes

Gorete Pereira (CE)

João Carlos Bacelar (BA)

Wellington Roberto (PB)

Aelton Freitas (MG)

PSD

Rogério Rosso (DF)

Júlio César (PI)

Paulo Magalhães (BA)

Marcos Montes (MG)

Suplentes

Irajá Abreu (TO)

Goulart (SP)

Evandro Roman (PR)

Fernando Torres (BA)

PTB

Benito Gama (BA)

Jovair Arantes (GO)

Luiz Carlos Busato (RS)

Suplentes

Arnaldo Faria de Sá (SP)

Paes Landim (PI)

Pedro Fernandes (MA)

PROS

Eros Biondini (MG)

Ronaldo Fonseca (DF)

Suplentes

Odorico Monteiro (CE)

Toninho Wandscheer (PR)

PDT

Flávio Nogueira (PI)

Weverton Rocha (MA)

Flávia Morais (GO)

Roberto Góes (AP)

PCdoB

Jandira Feghali (RJ)

Suplente

Orlando Silva (SP)

PSDB 

Bruno Covas (SP)

Nilson Leitão (MT)

Jutahy Junior (BA)

Shéridan (RR)

Paulo Abi-Ackel (MG)

Carlos Sampaio (SP)

Suplentes

Bruno Araújo (PE)

Fábio Sousa (GO)

Izalci (DF)

Mariana Carvalho (RO)

Rocha (AC)

Rogério Marinho (RN)

DEM

Elmar Nascimento (BA)

Mendonça Filho (PE)

Rodrigo Maia (RJ)

Suplentes

Francisco Floriano (RJ)

Mandetta (MS)

Moroni Torgan (CE)

PSB

Bebeto (BA)

Danilo Forte (CE)

Tadeu Alencar (PE)

Fernando Coelho (PE)

Suplentes

João Fernando Coutinho (PE),

JHC (AL)

Paulo Foletto (ES)

Jose Stédile (RS)

PRB

Jhonatan de Jesus (RR)

Marcelo Squassoni (SP)

Suplentes

Cleber Verde (MA)

Ronaldo Martins (CE)

PSC

Eduardo Bolsonaro (SP)

Marco Feliciano (SP)

Suplentes

Irmão Lázaro (BA)

Professor Bictório Galli (MT)

Solidariedade

Fernando Francischini (PR)

Paulinho da Força (SP)

Suplentes

Genecias Noronha (CE)

Laudivio Carvalho (MG)

PPS

Alex Manente (SP)

Suplente 

Sandro Alex (PR)

PV

Evair de Melo (ES)

Suplente

Leandre (PR)

PEN

Junior Marreca (MA)

Suplente

Erivelton Santana (BA)

PHS

Marcelo Aro (MG)

Suplente

Pastor Eurico (PE)

Rede

Aliel Machado (PR)

Suplente 

Alessandro Molon (RJ)

PSOL

Chico Alencar (RJ)

Suplente

Glauber Braga (RJ)

PTdoB

Silvio Costa (PE)

Suplente 

Franklin Lima (MG)

PMB

Weliton Prado (MG)

Suplente 

Fábio Carvalho (MG)

 

Comentários