Lucio Bernardo Junior / Câmara dos Deputados
Lucio Bernardo Junior / Câmara dos Deputados

Crise faz governo avaliar indicação para a CCJ

Escolhido para presidir colegiado na Câmara, Daniel Vilela (MDB-GO) é candidato a governador e isso preocupa Planalto

O Estado de S.Paulo

31 Março 2018 | 07h45

A escolha do deputado Daniel Vilela (MDB-GO) para presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara preocupa o Planalto. Ter no comando do colegiado um candidato a governador é considerado um risco neste momento em que Temer pode enfrentar uma eventual denúncia pela PGR. A CCJ é o ponto de partida para análise. Há dúvidas sobre se Vilela jogaria para o eleitorado ou defenderia o presidente. Uma troca não será fácil. Interlocutores afirmam que ele não abre mão da vaga e diz que, se quiserem trocá-lo, terão de expor as razões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.