1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Cresce chance de segundo turno em eleição presidencial, diz pesquisa

Agência Estado

09 Maio 2014 | 07h 37

Datafolha aponta aumento de 4 pontos na intenção de voto do pré-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves; presidente Dilma Rousseff teria hoje 37% enquanto os adversários somariam 38%, o que reduz possibilidade de eleição ser decidida em uma etapa

SÃO PAULO - A chance de as eleições presidenciais terem segundo turno cresceu, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo. Segundo o levantamento, as intenções de voto na presidente Dilma Rousseff oscilou em baixa, de 38% em abril para 37% este mês, enquanto o pré-candidato Aécio Neves (PSDB) avançou de 16% na pesquisa anterior para 20%. O ex-governador Eduardo Campos (PSB) tem 11% e também oscilou em alta, já que na pesquisa anterior o ex-governador de Pernambuco tinha 10%.

O jornal destaca que, apesar de ter variado dentro da margem de erro, a presidente Dilma apresenta recuo gradual nos últimos levantamentos, enquanto os adversários estão em ascensão. Dessa forma, segundo a pesquisa Datafolha, a petista teria hoje 37% das intenções de voto contra 38% da soma dos outros candidatos, o que aponta para uma situação de empate técnico e diminui a possibilidade de Dilma vencer no primeiro turno a eleição de 5 de outubro.

O levantamento do Datafolha foi feito ontem e quarta-feira com 2.844 entrevistas, em 174 municípios do País.

Segundo turno. A pesquisa indica ainda que Dilma venceria o segundo turno nas eleições contra qualquer dos dois principais adversários. No cenário em que a presidente enfrentaria Aécio Neves, ela registrou 47% das intenções de voto contra 36% do tucano. Um mês antes, Dilma aparecia vencendo no mesmo cenário com 50% das intenções de voto contra 31% de Aécio e, em fevereiro, a vantagem era de 54% contra 27%.

Já no cenário contra Eduardo Campos (PSB), Dilma tem 49% da preferência dos eleitores contra 32% do pessebista. Na última pesquisa, Dilma vencia Campos com 51% da preferência dos eleitores, enquanto ele teria 27%. Em fevereiro, ela tinha 55% contra 23% dele.

A pesquisa Datafolha foi feita entre os dias 7 e 8 de maio com 2.844 pessoas em 174 municípios. O levantamento foi registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00104/2014.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo