1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Eleições 2014

Correção: Aécio promete programa social

LUCIANA NUNES LEAL - Estadão Conteúdo

26 Agosto 2014 | 16h 49

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. A idade dos jovens beneficiados é de 18 a 29 anos. Segundo a assessoria do presidenciável Aécio Neves, o erro foi do candidato. Segue o texto corrigido:

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, anunciou, nesta terça-feira, 26, a criação de mais um programa social, caso seja eleito. O Mutirão de Oportunidades será destinado, segundo ele, a 20 milhões de jovens com idades entre 18 e 29 anos que abandonaram os estudos no ensino fundamental ou médio. Aécio disse que os jovens receberão um salário mínimo mensal durante o período do curso, que pode durar de seis meses a dois anos.

O candidato afirmou que os recursos para o programa virão do Plano Nacional de Educação e, no futuro, de royalties do pré-sal. No entanto, disse não ser possível afirmar agora quanto será investido. "A velocidade do programa será a velocidade do caixa do Tesouro", afirmou Aécio, em entrevista coletiva no comitê do Rio de Janeiro.

No fim de semana, Aécio já havia anunciado a intenção de expandir para todo o País o programa Poupança Jovem, que criou em Minas Gerais, para o pagamento de R$ 1.000 por ano para jovens do ensino médio. "O Poupança Jovem tem a intenção de manter os alunos na escola, enquanto o Mutirão de Oportunidades pretende trazer de volta aqueles que deixaram de estudar", disse o tucano.

Aécio voltou a mostrar confiança de que vai recuperar o segundo lugar isolado nas pesquisas eleitorais, horas antes da divulgação de novo levantamento, que deve apontar a candidata do PSB, Marina Silva, à sua frente. Ele disse que vai se tornar evidente que "o projeto do PSDB é o melhor para o País" quando as propostas das adversárias Dilma Rousseff (PT) e Marina ficarem mais claras. O candidato reiterou a meta de chegar ao fim de um possível governo tucano com crescimento do PIB de 4% a 4,5%.

Eleições 2014