Comunidade evangélica vai orar por Dilma, diz deputado

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, foi homenageada hoje (5) à noite em um culto da Assembleia de Deus, em São Paulo, pelo deputado federal Hidekazu Takayama (PSC-PR), que lhe manifestou apoio - Dilma deve se candidatar à Presidência da República em 2010 - e prometeu que a comunidade evangélica vai orar pela ministra. "Estaremos orando por você", afirmou Takayama, que também é pastor. "O seu sucesso será o sucesso do nosso Brasil." Frente a um público de 3 mil fiéis, Takayama recomendou a Dilma que, sempre que tiver problemas, recorra à Bíblia.

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

05 Outubro 2009 | 22h27

A ministra retribuiu os conselhos assentindo com cabeça e sorrindo. Em seu discurso, Dilma seguiu o protocolo dos pastores da Assembleia de Deus e iniciou a fala desejando aos fiéis que "a paz do Senhor esteja com vocês". Dilma falou dos programas sociais do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva como exemplo de resgate da dignidade, semelhante ao trabalho feito pelas igrejas. "O governo Lula defende os valores cristãos e as crenças morais dos brasileiros", apregoou. "Peço a oração de vocês para que possamos seguir adiante."

O encontro de Dilma com os fiéis evangélicos ocorreu no bairro do Belenzinho. A cerimônia comemorou o aniversário de 75 anos do presidente da igreja na região, José Wellington Bezerra da Costa, também presidente da Convenção Geral da Assembleia de Deus. A ministra chegou por volta das 19h30 e recebeu de presente uma Bíblia, que segurou no colo durante a cerimônia.

Mais conteúdo sobre:
DILMA EVANGÉLICOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.