1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Comissão do PT apresenta na terça relatório sobre André Vargas

Três dirigentes do partido ouviram deputado sobre relações com Youssef, mas, segundo presidente da sigla, 'não há nada de novo'

A comissão designada pelo PT ouviu o deputado André Vargas (PT-PR) na sexta-feira, 11, e fez na tarde desta segunda, 14, um relato verbal ao presidente do partido, Rui Falcão, sobre a conversa. Falcão afirmou, em entrevista coletiva, que pediu aos três integrantes da comissão que fizessem um relatório escrito, que deverá ser entregue nesta terça, 15. Ele não revelou o teor da conversa, mas declarou que não havia nada de novo nas explicações de Vargas pelo relato dado pela comissão.

Falcão convocará uma reunião extraordinária da Executiva do PT para a próxima semana. A Executiva deve enviar o caso à comissão de ética do partido. Vargas usou o jato particular do doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato. Mensagens interceptadas na investigação mostram que o deputado teria atuado em órgãos do governo em favor de um laboratório farmacêutico ligado a Youssef. Em uma das mensagens, o doleiro diz trabalhar pela "independência financeira" de ambos.

Alberto Cantalice, um dos três integrantes da comissão, afirmou que as explicações de Vargas foram convincentes, mas ponderou que as denúncias expõem o PT. "O partido vai ter que analisar isso friamente porque isso expõe o partido de alguma forma. Tem que analisar calmamente."