1. Usuário
Assine o Estadão
assine

CNT/MDA: Dilma tem 43% de intenções de voto no 1.o turno

RICARDO BRITO - Agência Estado

18 Fevereiro 2014 | 12h 21

A pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT), em parceria com o MDA Pesquisa, divulgada nesta terça-feira, 18, apontou que a presidente Dilma Rousseff seria reeleita em primeiro turno tanto nos cenários com e sem a ex-ministra Marina Silva. No cenário mais provável, Dilma alcança 43,7%. O pré-candidato do PSDB, senador Aécio Neves, 17%, e o socialista Eduardo Campos, 9,9%. Ou seja, a soma dos dois chegaria a 26,9%.

No levantamento anterior, divulgado em novembro, Dilma também ganharia na primeira etapa considerando esse mesmo cenário. A presidente alcançava 43,5% das intenções de voto, enquanto a soma das intenções de voto dos presidentes do PSDB e do PSB chegava a 28,8%. Aécio teve 19,3% e Campos, 9,5% das intenções de voto.

Com Marina - No cenário em que se troca a cabeça de chapa do PSB pela ex-ministra Marina Silva, a presidente também venceria a disputa no primeiro turno. Dilma registra 40,7%, ex-ministra 20,6% e o provável candidato do PSDB, Aécio Neves, 15,1% das intenções de voto. Ou seja, a soma de Marina e Aécio daria 35,7%, com vantagem de Dilma superior à margem de erro.

No levantamento anterior, de novembro, era registrado um empate técnico. Nessa simulação, Dilma tinha 40,6% dos votos contra 39,1% da soma de Marina e Aécio Neves. A ex-ministra conseguira 22,6% e Aécio, 16,5%. Como a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos, não era possível cravar que a presidente seria reeleita.

Foram entrevistadas 2002 pessoas, em 137 municípios das cinco regiões do País, entre os dias 9 a 14 de fevereiro. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.