Ciro: ex-presidente 'avacalha' autoridade de sua sucessora

O ex-ministro da Fazenda e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, criticou anteontem, em Fortaleza, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por sugerir a demissão de Joaquim Levy. "Não posso concordar é com o jeito que o Lula está fazendo as coisas. Hoje ele é uma figura perniciosa ao Brasil. Ninguém pode sugerir demissão de ministro a presidente da República pelos jornais. Isso avacalha a autoridade da Dilma, que já é quase nenhuma", disse Ciro ao Estado após a Convenção do PDT cearense - partido ao qual se filiou recentemente.

O Estado de S.Paulo

19 Outubro 2015 | 02h01

Segundo, ele, "boa parte da destruição da autoridade da Dilma parte dessa tutoria pública descabida do Lula". Para o ex-ministro, "Lula tem que voltar para uma posição de recato".

iro, contudo, fez críticas à condução da política econômica. "A economia brasileira está basicamente administrada no rumo estratégico errado", afirmou, se referindo ao que chamou de custo "para a sociedade brasileira" do seguro aos que especularam

contra o real na taxa de câmbio". "Simplesmente, o povo inteiro está perdendo para a inflação."

/ CARMEN POMPEU, ESPECIAL PARA O ESTADO

Mais conteúdo sobre:
O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.