1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Casa Civil negocia comparecimento de Graça à Câmara

RICARDO BRITO E DAIENE CARDOSO - Agência Estado

16 Abril 2014 | 17h 56

Após a fala do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, o presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, Hugo Motta (PMDB-PB), anunciou nesta quarta-feira, 16, ter recebido um comunicado da Casa Civil da Presidência da República no qual se negocia o comparecimento da atual presidente da estatal, Maria das Graças Foster, e do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, à Casa.

Os deputados afirmam que, se Graça não comparecer à Casa na próxima semana, apresentarão um pedido de convocação de Lobão, cuja ida ao Legislativo se tornaria obrigatória.

Mais cedo, o deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) questionou a ausência de Graça, de Lobão e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, no depoimento a três comissões temáticas. Segundo o tucano, era esse o acordo inicial para se discutir a compra da refinaria de Pasadena, no Texas (Estados Unidos). O comentário foi feito antes do início do depoimento de Cerveró.

A assessoria de Graça informou inicialmente à Câmara que ela iria no dia 23. Contudo, hoje informou que ela não tem agenda disponível para a data. A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara deixou em suspenso o comparecimento de Mantega, pré-agendado também para o dia 23.