Leonardo Augusto/Estadão
Leonardo Augusto/Estadão

Cármen Lúcia é recebida com protesto em Minas

Presidente do STF ouve gritos de 'golpista' na entrada de universidade onde ela dá palestra

Leonardo Augusto, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

20 Março 2017 | 10h13

BELO HORIZONTE - Cerca de 50 manifestantes fazem protesto na manhã desta segunda-feira, 20, em frente à Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) onde a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, dá palestra.

Na entrada da escola, a ministra passou por faixas questionando o posicionamento do STF em relação ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), e ouviu gritos de "golpista". Dentro do auditório, no entanto, foi aplaudida de pé.

A ministra faz palestra em aula inaugural da Faculdade Mineira de Direito (FMD), da PUC, da qual é professora licenciada. O título da palestra é "O Papel do Supremo Tribunal Federal na Consolidação da Democracia".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.