1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Campos usa Facebook para reafirmar críticas ao governo Dilma

Angela Lacerda - O Estado de S. Paulo

11 Fevereiro 2014 | 14h 16

Pré-candidato à Presidência citou entrevista de Pedro Passos ao 'Estado' - empresário apoiador de Marina afirma que o modelo petista 'se esgotou'

RECIFE - O governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos postou e recomendou, nesta manhã, na sua página do Facebook, a leitura de uma entrevista com o empresário Pedro Passos, publicada pelo Estado no dia 8, em que ele afirma ser "preciso reconhecer que o modelo se esgotou".

Foi uma resposta indireta ao discurso da presidente Dilma Rousseff, na noite de ontem (10), no 34º aniversário do PT, em São Paulo. Ao mesmo tempo, Campos reafirmou suas críticas ao governo federal. Ele avalia que o País "parou" e está sendo comandado por um "pacto mofado". No discurso, a presidente negou que o modelo de governo petista esteja esgotado e chamou seus opositores de "pessimistas" e "caras de pau".

Campos não teve agenda pública nesta terça-feira, 11.

Presidente do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi), Pedro Passos afirma, na entrevista ao Estado, que a indústria brasileira sofre retração e diz que a política de incentivos não faz mais efeito. Diz ainda que o País precisa abandonar o modelo protecionista e deixar de ser refém do Mercosul.

O governador lembra, na postagem, que o empresário é sócio da Natura e apoiou a ex-ministra Marina Silva, sua aliada, nas eleições de 2010 "por enxergar a importância do desenvolvimento com sustentabilidade, algo que se torna cada vez mais urgente num setor que precisa aumentar sua produção e recuperar sua competitividade".