Campos completa equipe de coordenação de campanha

No mesmo dia que Felipão anunciou sua escalação final para a Copa do Mundo, Eduardo Campos, pré-candidato do PSB à Presidência da República, decidiu completar seu time de coordenação de campanha. Juntou-se ao grupo Rubens Novelli, que representará a Rede na coordenação do núcleo administrativo-financeiro da campanha presidencial. Ele já tinha participado da organização financeira da campanha de Marina Silva, atual vice na chapa de Campos, em 2010.

ANA FERNANDES, Agência Estado

07 Maio 2014 | 19h20

Novelli participou nesta quarta-feira pela primeira vez, na capital paulista, do encontro semanal com o time. Para os demais nove coordenadores, foi a terceira reunião. Por ora, a equipe se reúne no Hotel Transamérica, no Itaim-Bibi, mas a partir de julho o plano é passar a uma sede própria, alugada, provavelmente no bairro da Vila Clementino.

O time de 10 coordenadores é comandado por Carlos Siqueira, primeiro-secretário nacional do PSB, e por Bazileu Margarido, da Executiva Nacional da Rede. Segundo Siqueira, a pré-campanha está entrando em ritmo acelerado e os movimentos sociais, que já são uma base de apoio importante tanto do PSB como Rede, estão demandando atenção em termos de propostas e envolvimento com as candidaturas. "Há um interesse muito grande dos movimentos sociais organizados em ouvir os candidatos", disse Siqueira.

Siqueira informou que a coligação já está trabalhando com a possibilidade de não poder fazer a convenção, como planejado, no dia 10 de junho. Isso por causa de uma mudança na legislação eleitoral, que define que as convenções passam a ser autorizadas a partir de 12 de junho em vez de 10 de junho. Os advogados da equipe vão entrar em contato com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber se a nova regra para o calendário já valerá em 2014. Quanto ao plano de governo, o time continua trabalhando com a data de 30 de junho para apresentá-lo.

Escalação

O time de coordenação da campanha PSB/Rede se organiza basicamente em cinco duplas. Representando respectivamente os partidos de Campos e Marina, estão: Carlos Siqueira e Bazileu Margarido, na coordenação-geral; o ex-deputado federal Maurício Rands (PSB-PE) e a socióloga Neca Setúbal, na coordenação do programa de governo; o jornalista Alon Feuerwerker e o sociólogo Nilson de Oliveira, na coordenação de comunicação; o ex-vice-prefeito do Recife Milton Coelho e o coordenador nacional da Rede Pedro Ivo, na coordenação de mobilização, e Henrique Fonseca e Rubens Novelli, na coordenação administrativa e financeira.

Mais conteúdo sobre:
eleições Campos coordenação campanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.