1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Campos classifica política econômica de 'ciclotímica'

DAIENE CARDOSO - Agência Estado

14 Maio 2014 | 16h 17

O pré-candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, voltou a criticar a política econômica do atual governo, a qual classificou de "ciclotímica". "Não podemos ter uma atitude que me parece meio ciclotímica que o atual governo tem: ora bota o IOF para cima, ora para baixo. É preciso ter uma política muito mais sustentada de longo prazo do que a que hoje o País está ministrando", defendeu Campos, que se reuniu na tarde desta quarta-feira com parlamentares do PPS, com quem discutiu a participação da sigla nessa fase de pré-campanha.

O presidenciável evitou comentar entrevista do presidente nacional do PT, Rui Falcão, que declarou ontem que, num eventual segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, o governo poderia discutir controle de capitais mais rigorosos. Campos limitou-se a defender o tripé macroeconômico da economia brasileira. "A gente precisa ter os instrumentos que todas as grandes economias do mundo têm para fazer a administração do tripé macroeconômico", afirmou.

Ele voltou a criticar a propaganda partidária do PT que foi ao ar ontem à noite em que o partido insinua uma possível "volta ao passado" nas conquistas econômicas e sociais dos últimos anos. Campos disse que não pretende pautar a campanha do PSB em cima da estratégia dos adversários e que adotará uma postura "limpa". "Lamento que no período de pré-campanha já se demonstre um tom como este", disse.

Eleições 2014