1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Campos afirma ser 'natural' apoio de Ronaldo à candidatura de Aécio

Agência Estado

26 Maio 2014 | 12h 00

'Qualquer cidadão tem direito de fazer sua escolha', disse o ex-governador no 'Café da Manhã Estadão Corpora'

SÃO PAULO - O pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, disse nesta segunda-feira, 26, considerar "natural" a declaração do ex-jogador Ronaldo de que apoiará o senador Aécio Neves (PSDB) nas eleições de outubro. Em entrevista publicada nesta segunda no jornal "Valor", Ronaldo declarou publicamente que apoiará o tucano.

"Qualquer cidadão tem direito, na democracia, de fazer sua escolha", disse na saída do evento organizado pelo Estado em parceria com a agência Corpora.

Sobre as críticas de Ronaldo, que é membro do Comitê Organizador Local (COL) do Mundial, aos atrasos nos preparativos da Copa, Campos reforçou que ex-jogador tem direito de declarar apoio a quem preferir. "É direito de cada um ter opinião sobre as obras", afirmou. "O fato é que a Copa do Mundo foi trazida para o Brasil em circunstância distinta das circunstâncias que o Brasil vive hoje", disse o presidenciável.

Campos argumentou que as obras de mobilidade, em geral, atrasaram e que o povo começou a enxergar uma contradição entre "a agenda do povo" e "a agenda da Copa". "Tudo isso (as manifestações) foi resultado de um efeito comparação, que gerou contradição entre a agenda do povo e a agenda da Copa do Mundo e essa contradição está gerando indignação", disse o pré-candidato.

Sobre os atrasos em obras de mobilidade no Estado que governava, Pernambuco, Campos disse que até quando estava no Palácio Campo das Princesas, estava previsto que seriam entregues a tempo da competição as obras da matriz da Copa. Já as obras de mobilidade, por não serem simples, teriam atrasado. (ANA FERNANDES, SUZANA INHESTA, FERNANDO TRAVAGLINI E WLADIMIR D'ANDRADE)