1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Caixão de Eduardo Campos é levado para o cemitério

DAIENE CARDOSO, ENVIADA ESPECIAL - Estadão Conteúdo

17 Agosto 2014 | 16h 57

O caixão de Eduardo Campos começa a ser transportado pelo Corpo de Bombeiros em um caminhão, que levará os restos mortais do ex-governador de Pernambuco para o Cemitério de Santo Amaro, onde será enterrado, em Recife.

Campos, candidato do PSB à Presidência da República, morreu na última quarta-feira, 13, em um acidente aéreo em Santos, no litoral paulista.

Subiram no caminhão quatro filhos de Campos, a viúva Renata Campos e a mãe do presidenciável, a ministra do Tribunal de Contas da União (TCU) Ana Arraes. Marina Silva - vice na chapa de Campos - e Paulo Câmara, candidato do PSB ao governo de Pernambuco, também estão no caminhão.

O veículo traz uma faixa com frase do ex-governador, em entrevista ao Jornal Nacional na noite da última terça-feira, 12: "não vamos desistir do Brasil". A frase será adotada como lema de campanha e do PSB. Neste momento, populares gritam o nome de Eduardo Campos e pedem justiça.