1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Caixão de Campos é colocado no jazigo da família

DAIENE CARDOSO, ENVIADA ESPECIAL - Estadão Conteúdo

17 Agosto 2014 | 18h 57

Sob fogos de artifícios e palmas, o sepultamento de Eduardo Campos está sendo concluído no início da noite deste domingo, 17. O caixão do presidenciável foi colocado no jazigo da família, no cemitério de Santo Amaro, no Recife, ao lado dos restos mortais de Miguel Arraes, avô de Campos, morto em 2005, com o público presente entoando "Eduardo guerreiro, do povo brasileiro". Depois o público presente ficou em silêncio. A viúva Renata Campos e os filhos do casal acompanham a cerimônia. Campos, candidato do PSB à Presidência da República, morreu na última quarta-feira, 13, em um acidente aéreo em Santos, no litoral paulista.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo