Cabral diz confiar que Lula vetará emenda sobre pré-sal

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, classificou de um "desrespeito completo à legalidade" a aprovação da emenda do senador Pedro Simon (PMDB-RS), que define a partilha igualitária dos royalties da camada do pré-sal entre Estados e municípios. Em entrevista a jornalistas brasileiros em Buenos Aires, Cabral afirmou que está confiante no veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

MARINA GUIMARÃES, Agência Estado

02 Dezembro 2010 | 15h53

"O presidente Lula já garantiu que vai vetar e eu confio no presidente", disse ele, explicando que a emenda aprovada pela Câmara altera os contratos de concessão anteriores e prejudica o objetivo de vincular os recursos do pré-sal a investimentos. O Rio e o Espírito Santo, além dos municípios produtores, perderão receitas com a alteração. "É importante isso ficar bem claro: o presidente Lula assumiu um compromisso e ninguém duvida da palavra do presidente."

Mais conteúdo sobre:
pré-sal royalties veto Lula Cabral

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.