1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Brasif diz ter contratado jornalista e isenta FHC

- Atualizado: 19 Fevereiro 2016 | 19h 46

Empresa confirma que firmou contrato com Mirian Dutra para realizar “pesquisas sobre preços em lojas e free shops” na Europa mas nega que ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tenha participação na contratação ou feito depósito em conta do grupo

A Brasif S.A Exportação e Importação afirmou nesta sexta-feira, 19, por meio de nota, que a jornalista Mirian Dutra foi contratada pela empresa para realizar “pesquisas sobre preços em lojas e free shops” na Europa, mas negou que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) tenha participado da decisão.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, a jornalista disse que o ex-presidente, com quem ela teve um relacionamento extraconjugal nos 1980 e 1990, usou a empresa para enviar remessas de US$ 3.000 mensais para “suplementar” sua renda.

Segundo a Brasif, que explorava os free shops dos aeroportos brasileiros, o jornalista Fernando Lemos, cunhado de Mirian, foi o responsável pela indicação. “O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não teve qualquer participação nessa contratação, tampouco fez qualquer depósito na Eurotrade ou em qualquer outra empresa da Brasif”, disse a empresa, em nota.

Apesar de ter assinado o contrato, a jornalista afirma que nunca trabalhou para a empresa. Em nota divulgada nesta quinta-feira, 18, o ex-presidente disse “não ter condições” de se manifestar enquanto “a referida empresa” não fizesse os esclarecimentos necessários.

FHC ganha como professor catedrático da instituição e foi aposentado em 1968, com 37 anos, durante a ditadura militar
FHC ganha como professor catedrático da instituição e foi aposentado em 1968, com 37 anos, durante a ditadura militar

“Com referencia a empresa citada no noticiário de hoje (nesta quarta), trata-se de um contrato feito há mais de 13 anos, sobre o qual não tenho condições de me manifestar enquanto a referida empresa não fizer os esclarecimentos que considerar necessários”, diz trecho da nota de FHC.

Segue íntegra da nota:

COMUNICADO BRASIF

  1. A Eurotrade Ltd., plataforma logística internacional das operações da Brasif Duty Free Shop Ltda., contratou, em dezembro de 2002, a jornalista Miriam Dutra para realizar pesquisas sobre os preços em lojas e free shops na Europa;
  2. O jornalista Fernando Lemos, cunhado da jornalista Miriam Dutra, indicou-a para tal contratação;
  3. O ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso não teve qualquer participação nessa contratação, tampouco fez qualquer depósito na Eurotrade ou em outra empresa da Brasif.
  4. A Eurotrade Ltd. e a Brasif Duty Free Shop Ltda. foram vendidas em 2006.

 

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em PolíticaX