Aumenta a chance de 2º turno, diz Datafolha

Dilma perde três pontos e está com 46%; Serra tem 28% e Marina segue com 14% das intenções

Cido Coelho, do estadão.com.br

28 Setembro 2010 | 01h54

SÃO PAULO - A pesquisa Datafolha, realizada na segunda-feira, 27, e divulgada na madrugada desta terça-feira, 28, indica que a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, não tem mais a garantia de vitória no primeiro turno. Os resultados da pesquisa estimulada mostram a petista com 46% das intenções de voto, enquanto José Serra (PSDB) tem 28% e Marina Silva (PV) segue com 14%.

 

Veja também:

link 'É normal que haja subidas e descidas', diz Dilma sobre pesquisa

 

O levantamento mostra que Dilma perdeu três pontos percentuais, se considerados apenas os votos válidos. A petista foi de 54% para 51%. Considerando a margem de erro de dois pontos percentuais para cima ou para baixo, a ex-ministra pode ter 49% ou 53% dos votos válidos.

Serra oscilou apenas um ponto - indo de 31% para 32%. Já Marina ganhou dois pontos e passou de 14% para 16% das intenções, sempre considerando apenas os votos válidos.

Votos brancos e nulos somam 3%. O número de indecisos é de 7%. Os outros candidatos não alcançaram 1%.

Entre os eleitores que ganham de 2 a 5 salários mínimos - entre R$ 1.020,00 e R$ 2.550,00 -, que são 33% da população brasileira, houve queda de 5% das intenções de voto para Dilma.

Segundo a pesquisa, a candidata do PT começou a perder pontos a partir do escândalo envolvendo tráfico de influência na Casa Civil, que teve desfecho no pedido de demisão de sua ex-assessora, Erenice Guerra.

Com isso, as intenções de voto em Dilma cairam de 51% para 46% e a soma de seus adversários saiu dos 39% e agora está em 44%.

Se considerar os votos válidos, a diferença entre Dilma e os outros candidatos caiu de 14 pontos para dois pontos na nova pesquisa.

Os números apontam ainda a perda de cinco pontos da petista entre os eleitores com curso superior, passando de 47% para 42%.

Segundo turno

Num eventual segundo turno entre Dilma e Serra, a vantagem da petista também caiu. Dilma, que tinha 55% das intenções de voto, perdeu três pontos e agora está com 52%. Serra, que tinha 38% das intenções de voto na pesquisa anterior, subiu um ponto e tem 39%.

A pesquisa foi realizada com 3.180 entrevistados, em 202 municípios, e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número 32913/2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.