1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Ato pró-Dilma reúne cerca de 100 pessoas na zona sul do Rio

- Atualizado: 26 Março 2016 | 13h 54

Organizada pela Frente Brasil Popular, a manifestação contou com performance teatral, panfletagem e uma espécie de tribuna livre

RIO - Cerca de 100 pessoas realizaram um ato em defesa do governo Dilma Rousseff no fim da manhã deste sábado, no Largo do Machado, zona sul do Rio. Organizada pela Frente Brasil Popular, a manifestação contou com performance teatral, panfletagem e uma espécie de tribuna livre, com rápidos discursos. Faixas e camisetas em favor do governo e contra a Rede Globo foram confeccionadas na hora.

Segundo Cláudia Le Cocq, presidente da primeira zonal do PT no Rio e integrante da Frente Brasil Popular, o ato serviu para reforçar o apoio ao governo Dilma. "É a favor da democracia, do respeito a 54 milhões de votos que a presidenta Dilma teve, e contra o golpe."

O grupo teatral Hotel da Loucura realizou uma performance "pela democracia" no local. "A crise é de saúde mental. Existe um  conflito de ódio autodestrutivo", afirmou Vitor Pordeus, fundador do grupo teatral que pertence ao Instituto Municipal Nise da Silveira.

Duas novas manifestações estão previstas para domingo. Às 15h, uma atividade semelhante à deste sábado acontecerá na Praça São Salvador, também na zona sul. Já às 17h, o grupo teatral Palhaços pela Democracia se apresenta no Largo do Machado.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em PolíticaX