Assessoria nega que saúde de ACM tenha piorado

Senador sofre de problemas renais e está internado no Incor para exames de rotina

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 12h56

O senador Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA), de 79 anos, permanece internado no Instituto do Coração de São Paulo (Incor). A assessoria do senador informou nesta quarta-feira, 20, que ele não está na UTI e que as notícias de que seu estado de saúde teria se agravado não passam de boatos. No Incor ninguém dá informações, seguindo determinação do próprio senador. Ainda de acordo com sua assessoria, o senador queria ter saído do Incor na terça-feira, mas os médicos retardaram sua liberação devido à idade avançada, o que estaria o deixando nervoso. Com hipertensão e problemas renais, ACM exige um cuidado médico especial, segundo a assessoria, que garantiu que o estado de saúde do senador "não é grave, como disseram os boatos de ontem à noite". O Incor normalmente divulga boletins sobre a saúde de pacientes, mas no caso de ACM houve uma proibição "pois seus textos eram muito minuciosos". Agora, a família de ACM decidirá sobre a divulgação de um boletim ou não. ACM está internado desde o final de semana para fazer exames de rotina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.