Após indicação, Eduardo Braga recusa ministério da Previdência

Anúncio de confirmação do nome de Garibaldi na pasta foi feita pelo Twitter na tarde desta terça

Estadão.com.br,

07 Dezembro 2010 | 16h20

SÃO PAULO - Logo depois de sua indicação para assumir a pasta da Previdência no governo de Dilma Rousseff, o ex-governador do Amazonas e senador eleito Eduardo Braga (PMDB) rejeitou nesta desta terça-feira, 7, comandar o ministério. Com a vaga disponível, a liderança do PMDB fez nova indicação e recomendou o nome do senador Garibaldi Alves para ocupar o cargo.

Na tarde desta terça, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves, anunciou pelo Twitter a confirmação de Garibaldi no comando do ministério da Previdência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.