1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Anúncio de Dilma não é gesto de campanha, diz ministro

BERNARDO CARAM - Agência Estado

13 Março 2014 | 13h 25

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse nesta quinta-feira que o anúncio de investimentos para mobilidade urbana em seis Estados e no Distrito Federal não representa um gesto de campanha eleitoral para a presidente Dilma Rousseff.

Segundo o ministro, os investimentos anunciados hoje fazem parte de um cronograma que começou em 2013. "A partir de junho foi anunciado o PAC da Mobilidade, e Estados e municípios tiveram a oportunidade de apresentar aquilo que consideram importante para as suas cidades", disse.

De acordo com Ribeiro, após análise técnica, o governo decidiu que projetos já concluídos seriam apoiados com investimento em obras. Já nos que não tinham condições para serem apoiados com obras, houve financiamento de projetos.

Sobre a possibilidade de que seu substituto na pasta seja anunciado pelo Palácio do Planalto, Aguinaldo se esquivou. "Aprendi uma coisa na minha vida. Quem fala sobre nomeação é quem nomeia", disse o ministro, que titubeou quando foi questionado se viajaria na sexta-feira para Tocantins para uma cerimônia do Minha Casa Minha Vida, programa de sua pasta, acompanhando a presidente. "Eu vou estar pronto para qualquer evento que for convocado, como sempre estive", afirmou.

O ministro falou brevemente sobre sua convocação aprovada pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara para explicar problemas em emendas parlamentares. "Quem é ministro tem que estar pronto para prestar esclarecimentos", finalizou.