1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Alckmin diz que decisão sobre alianças só sai em junho

CARLA ARAÚJO - Agência Estado

13 Janeiro 2014 | 13h 48

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esquivou-se de perguntas ligadas ao processo eleitoral deste ano. Questionado sobre o apoio e a eventual participação do PSB em sua chapa, ele afirmou que as eleições "ainda estão longe". "As alianças são as últimas coisas do processo eleitoral, então é só no mês de junho", disse, depois de participar da abertura da 41ª Feira Internacional de Calçados, Artefatos de Couro e Acessórios de Moda (Couromoda), que acontece de hoje (13) ao dia 16 na capital paulista.

Durante a feira, o governador anunciou a que prorrogou por 30 dias o prazo de recolhimento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nas operações comerciais feitas na Couromoda. Para poder fazer a prorrogação do recolhimento, as fábricas deverão embarcar a mercadoria até o dia 31 de março.

Alckmin lembrou ainda que o Estado já havia reduzido as alíquotas para a indústria e para o atacado. "Tínhamos, em São Paulo, 18% para indústria, atacado e varejo. Nós reduzimos o ICMS para 7% para a indústria, 12% para o atacado e varejo ficou, como em todo o Brasil, na faixa dos 18%"disse. Segundo ele, a medida garantiu que Franca, um dos principais polos produtores de calçado do País, registrasse recorde de empregos. "Franca bateu todos os recordes de geração de emprego lá temos mais de 800 fábricas."