1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Agenda da oposição é a do retrocesso, afirma Dilma

CARLA ARAÚJO E GABRIELA LARA - Agência Estado

06 Junho 2014 | 21h 29

A presidente Dilma Rousseff (PT) dedicou parte do discurso na noite desta sexta-feira, 6, em Porto Alegre, a criticar a oposição. "Nós repudiamos o passado atrasado implantado no Brasil", disse, em evento do PT para oficializar a pré-candidatura do governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), à reeleição. "A agenda deles (oposição) não é a nossa, é a agenda do retrocesso, é a volta de um País para poucos."

Dilma afirmou que não foi eleita nem para desempregar nem para arrochar o salário dos trabalhadores. "Não fui eleita para alienar nenhuma empresa pública, muito menos a Petrobras, nem para entregar o pré-sal. Mas também não fui eleita para varrer a corrupção para baixo do tapete, como faziam", comentou.

A presidente enumerou conquistas sociais e econômicas do governo petista, entre elas a valorização do salário mínimo e o aumento de empregos com carteira assinada. Ela também comemorou o fato de o País ter criado quase 5 milhões de empregos, mesmo com a crise internacional. "É uma característica nossa. Enquanto o mundo desemprega, nós empregamos", disse.

Dilma afirmou que a política voltada para o desenvolvimento social é combatida pela oposição. "Eles combatem porque o modelo e a visão deles é outro", revelou. "Eles acreditam que é necessário reduzir o custo do trabalho. "Nós, do governo do PT e do governo dos partidos aliados, não acreditamos que isso seja necessário."

Ela concordou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que antes, em sua fala, havia dito que, em todo choque de gestão "proposto pelos tucanos", era o povo que "entrava pelo cano". "Tem toda razão em dizer. Os dados mostram isso", citou Dilma. A presidente ainda enumerou programas sociais implementados pelo seu governo e pelo de Lula, como o Minha Casa Minha Vida e o Bolsa Família. "Criamos um conjunto de programas sociais fundamentais", disse. "O Bolsa Família é uma sofisticada tecnologia social que nós todos criamos."

Dilma e Lula participam em Porto Alegre de evento organizado pelo PT gaúcho para lançar a chapa com a pré-candidatura de Tarso Genro à reeleição para o governo do Estado e do ex-governador Olívio Dutra (PT) ao Senado, ao lado dos aliados PC do B, PTB, PR, PROS, PTL e PTC.