1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Aécio visita Basílica ao lado do presidente da CNBB

ELIZABETH LOPES - Agência Estado

29 Maio 2014 | 17h 45

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves (MG), visitou na tarde desta quinta-feira a Basílica de Nossa Senhora Aparecida, ao lado do presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), d. Raymundo Damasceno Assis. Antes da visita, Aécio reuniu-se por cerca de 20 minutos com d. Raymundo, na residência oficial do cardeal na cidade, e, depois, seguiu para a Basílica, onde, segundo ele, pediria a bênção à padroeira do Brasil.

"A última vez que estive aqui foi na companhia do meu avô, o falecido presidente da República Tancredo Neves, acho que em 1984", disse o presidenciável tucano. Ao chegar, Aécio foi, primeiramente, ver a imagem de Nossa Senhora Aparecida, junto à qual permaneceu por cerca de dois minutos. Depois, foi ciceroneado pelo presidente da CNBB numa visitação ao interior da igreja. No local, ele foi abordado por uma romeira de Salvador, que estava com o filho e disse que se ele fosse eleito presidente, deveria se lembrar da Bahia, o que ele concordou.

A visita foi curta, de cerca de 15 minutos, e Aécio e d. Raymundo dividiram a atenção dos peregrinos e visitantes. Na saída do corredor que dá acesso à imagem da padroeira, os dois foram parados por uma jovem que pediu para tirar foto com o presidente da CNBB. Ao chegar ao pátio, um grupo de romeiros de Maria da Fé, na Serra da Mantiqueira (MG), reconheceu Aécio e pediu para tirar fotografias com ele e d. Raymundo. O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy, que acompanhou a visita, brincou: "Olha só a coincidência, são romeiros mineiros, parece até que foi combinado".

Ao se despedir de d. Raymundo, o presidenciável do PSDB cochichou em seu ouvido que o prognóstico para essas eleições gerais é muito positivo para a sua candidatura. A avaliação de Aécio para o presidente da CNBB é de que as chances de uma vitória concreta do PSDB nas urnas, em outubro, são muito boas.

Antes de entrar no carro e seguir para o Rio de Janeiro, para se encontrar com sua mulher, grávida de gêmeos, um pequeno grupo de visitantes gritou para o senador tucano para que ele se "esforçasse" para tirar o PT do Palácio do Planalto. Aécio disse: "Eu conto com o apoio de vocês". Um dos visitantes retrucou: "Nós é que contamos com seu apoio para tirar o PT do poder." Além de Imbassahy, Aécio estava acompanhado dos deputados federais tucanos Luiz Carlos Hauly (PR) e Cesar Colnago (ES).

Eleições 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo