1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Aécio revela que inflação estará entre focos da campanha

AYR ALISKI - Agência Estado

16 Abril 2014 | 21h 53

O pré-candidato do PSDB ao Palácio do Planalto, Aécio Neves (MG), já evidenciou que a inflação será um dos focos principais do seu discurso na disputa pela Presidência da República, responsabilizando o atual governo pela retomada da alta dos preços. "Você também está preocupado com a volta da inflação?" é a chamada de menos de um minuto que foi postada na internet, avisando que programa de TV do PSDB irá ao ar amanhã, 17, à noite, às 20h30.

"Há mais de um ano, eu venho dizendo: tomem cuidado que a inflação está voltando. O governo finge que não está acontecendo. Você compra hoje as mesmas coisas, quando vai ao mercado, que comprava um ano atrás? Claro que não", afirma Aécio. "Mas se o governo não reconhece que a inflação está saindo do controle - a dos alimentos já está acima de 10% - ele não vai tomar as medidas necessárias para enfrentá-la. O que me preocupa é que muitas das conquistas que nos trouxeram até aqui estão indo embora", continua.

"Porque não adianta você achar distribuir algum benefício para qualquer cidadão (...) se, com a inflação, a receita que ele tem é corroída, o salário que ele tem ou o benefício que ele recebe vai embora", diz o pré-candidato na chamada que está na internet.

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou em março a maior taxa desde abril de 2003, divulgou no último dia 9 o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação de março, de 0,92%, repetiu o resultado verificado em dezembro de 2013 (também de 0,92%) e foi a maior variação verificada desde abril de 2003, quando a taxa ficou em 0,97%. Já a taxa acumulada em 12 meses, que ficou em 6,15% em março, atingiu o maior patamar desde julho do ano passado, quando estava em 6,27%.