1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Aécio promete criar órgão para fazer reforma tributária

PEDRO VENCESLAU E CARLA ARAÚJO - Agência Estado

31 Março 2014 | 17h 52

Diante de um público de 400 empresários nesta segunda-feira o provável candidato do PSDB à Presidência, o senador Aécio Neves prometeu, se eleito, criar uma secretaria extraordinária para promover a reforma tributária. O tucano prometeu ainda que em até seis meses apresentaria um projeto de redução e simplificação dos tributos. A apresentação foi feita durante almoço com empresariado ligado ao Grupo de Líderes Empresariais (Lide). Em seu discurso, Aécio disse ainda que pretende reduzir à metade o número de ministérios.

O mineiro comentou ainda os boatos sobre a possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltar a disputar as eleições presidenciais. "Ouço sempre que pode haver uma mudança de candidatura no campo governista. Mas para mim não importa se o adversário será o ex-presidente Lula ou a presidente Dilma", disse. "Quero é derrotar um modelo que não vem fazendo bem para o Brasil, afirmou Aécio, que defendeu também a redução da maioridade penal.

Desde o início do mês Aécio vem intensificando sua agenda em São Paulo e fazendo encontros com representantes do empresariado paulista. Participaram também do evento desta segunda os governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, e de Minas Gerais, Antonio Anastasia, ambos do PSDB.