1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Aécio estreia plataforma para campanha digital

ELIZABETH LOPES E PEDRO VENCESLAU - Agência Estado

03 Abril 2014 | 14h 05

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) estreia entre hoje (03) e sexta-feira (04) a plataforma multimídia que será a base de sua campanha digital na corrida à Presidência da República nessas eleições. O portal www.mineirobrasileiroaecio.com.br será o carro-chefe da plataforma, que terá várias ferramentas, linguagem objetiva em postagens curtas, com tags e links para outras contas do senador mineiro e do seu partido, como Facebook e Twitter.

Em entrevista exclusiva ao Broadcast Político, o coordenador da área de internet do tucano, Xico Graziano, afirma que o desafio da plataforma é tornar Aécio conhecido dos usuários das redes sociais, ampliando a barreira dos que ainda não estão engajados na política. Além disso, tem a finalidade de combater o que ele classifica de "jogo sujo do PT na internet".

Para Graziano, engenheiro agrônomo, ex-chefe de gabinete de Fernando Henrique Cardoso no Palácio do Planalto e que deixou o cargo de assessor especial no instituto FHC no mês passado para assumir a estratégia digital de Aécio Neves nessas eleições, a internet fará toda a diferença na campanha eleitoral deste ano.

Por isso, para transformar as redes sociais numa espécie de canal de votos neste pleito, ele diz que é preciso convencer as pessoas de que apenas o voto é que irá trazer as mudanças que foram o mote das manifestações de rua em todo o País.

"Vou atuar nessa linha. Os avanços que o Brasil necessita devem ser expressos em votos e vamos mostrar que o Aécio é quem pode colocar isso em prática. Isso não exige politização, legado, bandeiras, CPIs, é preciso valorizar esse sentido de transformação. Como o mote desta campanha será a mudança, vou mostrar que a mudança se chama Aécio."

O próprio nome do portal ''mineiro, brasileiro, Aécio'' está em sintonia com a linha que norteará a estratégia digital da campanha tucana. Segundo Graziano, a ideia é mostrar que além de ser o brasileiro mais preparado para implementar as mudanças reivindicadas, Aécio foi um dos governadores mais bem avaliados do País e elaborou projetos pioneiros, como a emenda constitucional que instituiu o direito de voto aos 16 anos.

Uma das imagens de estreia do portal mostra Aécio Neves ao lado do avô, o ex-presidente Tancredo Neves, morto em 1985, e que foi um dos símbolos da redemocratização no Brasil. "Vamos apostar em conteúdo positivo, pois essa é a melhor forma de combater o jogo sujo da guerrilha que o PT está fazendo na Internet contra o Aécio", destaca o coordenador da área digital na entrevista.

Marineiro

O quartel-general virtual de Aécio Neves, que está sediado em São Paulo, foi buscar um ex-marineiro (que já trabalhou com a ex-senadora Marina Silva, cotada para vice na chapa do virtual candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos) para articular uma rede de ativismo digital.

Ex-presidente do Partido Verde em São Paulo até a saída de Marina da legenda. Maurício Brusadin atua, segundo sua própria definição, como uma espécie de ''facilitador'' para que militantes tucanos e simpatizantes se engajem na defesa e disseminação de informações sobre Aécio Neves nas redes sociais.

"Toda a área de comunicação do Aécio hoje trabalha de forma integrada. Nunca vi isso acontecer", diz Xico Graziano, que também viaja por todo o Brasil, promovendo encontros com potenciais grupos de ativistas virtuais.

A respeito da atuação do ex-marineiro em sua equipe, Graziano diz que a ex-senadora foi pioneira ao criar uma identificação política com esse contingente de jovens descontentes. "O nosso desafio (hoje) é atingir 30, 40 milhões de jovens insatisfeitos que ainda não se dispuseram a participar do projeto político", reitera o coordenador da área digital da campanha tucana. E revela que antes dele estar ligado a Marina Silva, Brusadin foi candidato a vereador em Jabuticabal, onde Graziano foi professor universitário. "Eu o conheço antes da Marina, não estou roubando nada de ninguém", brincou.

A nova plataforma multimídia de Aécio Neves terá também um blog chamado Brasileiro, com notícias do dia, vídeos, quiz, enquetes, artigos, a economia traduzida para o mundo real e informações sobre o Brasil que dá certo, com relatos de histórias de sucesso de cidadãos de todo o País. No blog, há ainda uma seção denominada ''Diário do Absurdo'', com críticas, sobretudo, aos adversários do PT.

A nota de estreia traz a informação de que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, comemorou o crescimento de 2,3% do PIB em 2013, sob argumento de que isso denotou uma expansão de qualidade puxada pelos investimentos.

O comentário do portal do Aécio a esse respeito diz o seguinte: "Reação do ministro da Economia ao pibinho de 2,3% segundo a agência de notícias oficia. Não se entende exatamente por que o ministro comemorou, nem onde está a qualidade na expansão denotada."

Apesar das críticas, Graziano disse na entrevista ao Broadcast Político que orientou sua equipe a não entrar na guerra cibernética que, segundo ele, o PT vem fazendo nas redes sociais. "O exército cibernético do PT não deve afetar a eleição do Aécio, nossa ideia é de uma campanha limpa, sadia.

Não vamos entrar no jogo do ''nós contra eles'', as pessoas na internet têm discernimento, por isso acreditamos que o conteúdo positivo será a credencial de Aécio nesta campanha, pois iremos começar um novo ciclo na política brasileira." (Elizabeth Lopes e Pedro Venceslau -