1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Aécio anunciará nomes de possível governo em agosto

(JOSÉ ROBERTO CASTRO - Agência Estado

11 Abril 2014 | 10h 49

O provável candidato à Presidência da República pelo PSDB, senador Aécio Neves, disse nesta sexta-feira, 11, em entrevista à Rádio Estadão, que pretende anunciar alguns nomes que comporiam um eventual governo do PSDB antes mesmo da data das eleições. O senador disse que o anúncio, feito a partir de agosto, servirá para criar "expectativas positivas nos mercados". "Uma eleição do PSDB, pelas figuras que discutem conosco a política econômica, gerará uma reversão de expectativas. Nós teremos uma política fiscal transparente, não haverá alquimia", disse Aécio, criticando o rebaixamento da nota do Brasil.

Perguntado sobre se estaria disposto a tomar medidas impopulares assim que chegasse ao governo, Aécio disse que não fará como o PT, que segundo ele, adia medidas necessárias. "O êxito do nosso governo (em Minas) foi em razão do que nós fizemos na primeira semana, nas medidas que nós tomamos na largada do governo. Eu acredito que as reformas mais estruturantes têm que ser propostas no início quando o capital político daquele que foi eleito estará intacto", afirmou o tucano.

Sobre seus planos para o governo, Aécio repetiu que terá uma política fiscal transparente e disse ainda que pretende reduzir pela metade o número de ministérios. "Vamos focar a inflação no centro da meta, não no teto da meta como vem fazendo o governo, e vamos enxugar uma parcela do Estado, vamos profissionalizar o Estado brasileiro, acabar com metade desses ministérios, resgatar as agências reguladoras como instrumentos da sociedade.