1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Selfies em funeral de Campos recebem críticas na internet

CLEY SCHOLZ - O Estado de S. Paulo

17 Agosto 2014 | 12h 54

Funeral de Campos atrai admiradores de várias cidades; muitos tiram autorretratos no velório

Reprodução
Mulher tira selfie ao lado do caixão de Campos

  O velório de do ex-governador de pernambuco Eduardo Campos (PSB), foi o assunto mais lido e mais comentado nos sites de notícias e nas redes sociais no fim de semana. Cada informação nova ou foto divulgada recebia centenas de comentários, com muitas pessoas enaltecendo as qualidades políticas de Campos. 

A maior polêmica foi provocada por fotos que mostravam pessoas tirando selfies durante o velório. Uma das fotos mostrava uma mulher sorrindo para o celular segurado com o braço estendido tendo o caixão de Campos ao fundo. Outra foto mostrava um rapaz tirando um autorretrado abraçado à viúva do ex-governador, Renata Campos.

"Selfie em velório é no minimo abominável. Sorrindo então, torna a pessoa imbecil", comentou uma das internautas no Twitter. "Que tipo de pessoa tira selfie em um velório? A sociedade cada vez mais me dá nojo. As pessoas perderam o limite", comentou outra.

Centenas de comentários classificavam as fotos como mórbidas, desrespeitosas e exemplos de 'falta de noção'. A internauta Beth Moreno comentou: "Se alguém fizer selfie no meu velório, eu juro que apareço pra fazer um selfie de madrugada". 

Alguns reclamaram das críticas, como o internauta Ciro Hamen, que comentou: "Parem de dizer que essa geração é pior e culpar selfie. No velório do Getúlio Vargas só não teve selfie porque ainda não existia smartphone".

Alguns lembraram a famosa selfie do presidente do Estados Unidos, Barack Obama, durante o funeral de Nelson Mandela, em dezembro do ano passado, ao lado do premiê britânico, David Cameron, e da primeira-ministra da Dinamarca, Helle Thorning Schmidt. Após a enorme repercussão mundial da imagem, o fotógrafo da agência France Presse, Roberto Schmidt, que flagrou a cena, atenuou a polêmica dizendo em entrevista que todo o estádio estava dançando, cantando e rindo em honra ao líder, e que Obama e os outros dois líderes mundiais apenas agiram como 'seres humanos normais'.

Além da polêmica das selfies e dos comentários sobre a grande quantidade de pessoas tirando fotos do velório e do cortejo até o cemitério, outro tema que mobilizou as redes sociais foi a campanha para que a viúva de Eduardo Campos, Renata, seja a candidata a vice de Marina Silva na chapa do PSB. Muitos internautas mandaram mensagens de apoio à ideia com a palavra chave #aceitarenata.

>