Quem mais arrecadou está à frente em 60% das disputas

No total, são 17 os municípios em que há relação direta entre a arrecadação de recursos e a popularidade entre os eleitores

Daniel Bramatti e Rodrigo Burgarelli, O Estado de S. Paulo

30 Outubro 2016 | 05h01

Os líderes em arrecadação de recursos para suas campanhas também estão na frente na intenção de voto em 60% das 27 cidades para as quais o Ibope divulgou pesquisas eleitorais no segundo turno deste ano. No total, são 17 os municípios em que há relação direta entre a arrecadação de recursos e a popularidade entre os eleitores.

A maior diferença de arrecadação entre os dois candidatos que disputarão a preferência dos eleitores hoje nas urnas acontece na cidade do Rio. 

O segundo candidato que mais arrecadou doações neste segundo turno foi o senador Marcelo Crivella (PRB), com R$ 7,2 milhões em receitas. Seu adversário, por outro lado, faz uma das campanhas mais baratas das capitais de todo o País – o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) arrecadou R$ 1,4 milhão até agora, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo Ibope divulgado ontem, Crivella lidera a disputa com 57% dos votos válidos contra 43% das intenções de voto em Freixo.

A campanha mais cara, porém, entre todos os candidatos do País que concorrem no segundo turno é a de Roberto Cláudio (PDT), em Fortaleza, que disputa a reeleição. Ele, que aparece com 52% dos votos válidos, segundo Ibope divulgado ontem, arrecadou R$ 8,9 milhões até agora. O valor é mais de R$ 5 milhões acima do que o arrecadado pelo seu adversário, Capitão Wagner (PR), que tem 48% dos votos válidos.

Este é o primeiro ano em que o TSE divulga dados de receitas e despesas dos candidatos em tempo real. Segundo as atuais regras, cada campanha tem até 72 horas para registrar suas transações – assim que o registro é feito, os dados já aparecem no sistema online do tribunal. Há, porém, a possibilidade de fazer ajustes no que foi declarado até a data marcada para a prestação final de contas (19 de novembro no caso de quem disputou o segundo turno).

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.