Marcio Fernandes|Estadão
Marcio Fernandes|Estadão

Prefeito de Macapá é reeleito com 60% dos votos

Clécio Luís (Rede) foi eleito à prefeitura pela primeira vez em 2012, quando concorreu pelo Psol

Alcinéa Cavalcante e André Ítalo Rocha, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2016 | 22h47

O prefeito de Macapá, capital do Amapá, Clécio Luís (Rede) foi reeleito no segundo turno deste domingo (30), com 60,5% dos votos válidos. O candidato da Rede recebeu 123.808 votos, contra 80.840 do seu adversário, Gilvam Borges (PMDB). A abstenção na cidade chegou a 21,07%. Em 2012, quando foi eleito pela primeira vez, Clécio era do Psol.

Gilvam Borges (PMDB) chegou à sessão de votação acompanhado da esposa e de assessores. Com 39% das intenções de voto na última pesquisa do Ibope, Borges disse que fez uma campanha limpa e que tinha certeza de que teria muitos votos.

Líder nas pesquisas com 61% das intenções de voto, o prefeito Clécio Luís (Rede), chegou por volta de meio-dia na sessão onde votou acompanhado dos senadores Randolfe Rodrigues (REDE) e Davi Alcolumbre (DEM), vereadores, assessores e familiares.

Ele disse que, neste domingo de eleições, está colhendo a confiança do povo. Disse que fez uma campanha pedagógica e didática, onde mostrou como recebeu a Prefeitura em janeiro de 2015, o que fez neste mandato e o que fará depois de reeleito.

Pela manhã, uma embarcação contratada pelo TRE-AP para levar equipe e equipamentos para seções eleitorais em comunidades ribeirinhas afundou na localidade de Ipixuna Miranda. Como já estava ancorada e a equipe e equipamentos em terra o processo de votação não foi comprometido. Uma outra embarcação já foi enviada à localidade para o retorno da equipe e equipamentos ao final do processo de votação que ocorrerá às 18 horas (17h no horário local).

Mais conteúdo sobre:
Amapá Macapá Eleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.