1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Eleições 2014

Partido vai explicar uso de jato de Campos, diz vice de Marina

Fausto Macedo - O Estado de S. Paulo

24 Agosto 2014 | 16h 20

Beto Albuquerque afirma que o PSB deve prestar esclarecimentos sobre contrato de aeronave e diz que Polícia Federal 'não deve falar, tem que investigar' o caso

São Paulo - O PSB vai explicar ao País esta semana as dúvidas que cercam o uso do jatinho Cessna 560 XL pelo ex-governador Eduardo Campos, morto no dia 13 de agosto na cidade de Santos. A informação é do deputado Beto Albuquerque (PSB-RS), vice na chapa de Marina Silva. "Estamos agora em um debate jurídico. O PSB, acho que nessa semana, a partir de amanhã (segunda feira, 25), vai prestar esclarecimentos. Está fazendo levantamentos jurídicos para isso", afirmou neste domingo, 24.

Beto Albuquerque disse que não cabe a ele e nem a Marina comentar as dúvidas acerca do contrato da aeronave usada por Campos na campanha presidencial. "Cabe a mim e a Marina apenas lamentar a queda do avião e cobrar das autoridades brasileiras as explicações convincentes das razões pelas quais esse avião caiu e matou o nosso líder e candidato à Presidência Eduardo Campos", declarou Beto Albuquerque, que acompanhava Marina Silva em uma visita ao Centro de Tradições Nordestinas (CTN) nesta tarde.

Indagado sobre suspeitas da Polícia Federal de que o avião era contratado com recursos de caixa 2 de campanha, o vice de Marina foi enfático. "Eu não sei o que a Polícia Federal está falando. Se ela está falando ela deve apurar antes de falar. Polícia Federal não deve falar, Polícia Federal tem que investigar e, quando decidir falar, deve estar com a coisa concluída."

"Eu quero dizer que o partido prestará informações a todos vocês, ao Brasil, sobre as condições daquele contrato (relativo ao jatinho)", anunciou o vice. "Mas eu insisto, o povo brasileiro e o nosso partido queremos saber em que condições caiu esse avião. Está tudo muito mal contado e a gente gostaria muito de ter essa explicação. Essa semana o PSB haverá de se manifestar nessa direção da pergunta (sobre a origem do jatinho)."

Eleições 2014