1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Marina atribui conflito indígena à omissão do governo

Ana Fernandes - O Estado de S. Paulo

05 Setembro 2014 | 09h 40

Para a candidata, índios e madeireiros estão em 'situação extrema' em razão da falta de fiscalização federal

São Paulo - A candidata à Presidência pelo PSB, Marina Silva, disse que os conflitos entre índios e madeireiros, como o que aconteceu no Maranhão com fotos divulgadas hoje na imprensa, acontecem por falta de fiscalização do governo atual. "A omissão do governo que faz com que se tenha situações extremas", afirmou em entrevista à rádio CBN, na manhã desta sexta-feira, 5.

Segundo a candidata, índios e madeireiros são grupos "frágeis" que entram em confronto por falta de aplicação adequada de legislações importantes que foram implementadas quando ela foi ministra do Meio Ambiente, como a lei de manejo de florestas públicas. "O serviço florestal é a resposta para que se tenha fornecimento de madeira a partir das cessões onerosas", disse.

Marina defendeu que, em eventual governo, implementará mais ações de prevenção. Disse também que pretende aumentar em 40% a área de florestas plantadas para evitar confrontos em áreas de matas nativas.

Wilton Júnior/Estadão
Candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, ao lado do vice, Beto Albuquerque

Eleições 2014